Google Chrome pesado?

Sim, o Google Chrome, meu navegador preferido, está pesado no Linux e também no Windows.

Demora a abrir e “anda” devagar, mas tem a vantagem de estar conectado à minha conta do Google e sincronizar todos os meus computadores (e também meu telefone).

Como manter as vantagens e ganhar um navegador mais rápido?

Tente o Chromium, que pode ser instalado diretamente no Ubuntu ou no Debian. No Ubuntu, o pacote é “chromium-browser“; no Debian, apenas “chromium“.

Pelo apt/terminal, no Ubuntu e derivados (eu uso Ubuntu e Xubuntu), utilize:

sudo apt install chromium-browser chromium-browser-l10n

No Debian, como root, use:

apt install chromium chromium-l10n

Logando-se na sua conta do Google pelo Chromium, as já mencionadas vantagens do Google Chrome estarão presentes.

No Windows, o Chromium pode ser baixado em

https://www.chromium.org/getting-involved/download-chromium

Para instalar basta um duplo-clique no arquivo baixado, obviamente.

O Xubuntu 14.04 nos notes e nets AMD C50 e C60

A plataforma “Fusion” da AMD (C50 e C60) é bastante comum em netbooks e notebooks de entrada, pois tem bom desempenho com Windows 7 graças à GPU integrada. No Linux, no entanto, ela sofre com o Ubuntu e Unity, assim como com o Linux Mint, esteja o último rodando o Cinnamon ou o Mate.

Sendo proprietário de um netbook Asus com um AMD C60 e usuário de Linux de longa data, já testei várias distros e ambientes nele, e nunca tinha tido um desempenho que se comparasse ao obtido com o Windows 7 Home Premium que também roda nele. Mas com o novo Xubuntu 14.04, isso mudou, pois o desempenho é bem superior ao do Windows.

Fica então a dica: instale o Xubuntu 14.04 no seu note ou net AMD C50 ou C60.

A redenção da LG: Nexus 4

Aproveitando uma liquidação na internet, comprei um Nexus 4, que é fabricado pela LG “para o Google”.

Que diferença para o meu “furtado” LG L7. O desempenho, que no L7 era modestíssimo, agora sobra no Nexus 4. E sobra muito, sobretudo após a atualização para o Android 4.4, a última versão disponível.

Fica a dica para quem não fizer questão do 4G (nem o 3G foi totalmente implantado): Nexus 4, com preço pequeno e desempenho enorme.

Novo recorde

Apesar de não ter postado nada neste mês de janeiro, no qual estou realmente tentando descansar o máximo possível, temos novo recorde de visitas diárias, que foi “batido” no dia 15 último.

Agora o maior número de páginas vistas num único dia é 1.090, por 884 visitantes individuais.

Mais uma vez, agradeço pelas visitas.