Reembolso pelo Windows pré-instalado

É uma grande dor-de-cabeça pedir o reembolso pelo Windows pré-instalado num notebook comprado das grandes redes varejistas, que sabidamente os vendem pelos melhores preços.

Apesar de muitos juristas entenderem que há uma “venda casada” de hardware e software, eu não acho que seja o caso.

Então, pergunta você: Se não há venda casada, haverá direito ao reembolso?

A resposta é sim, pois o Windows exige do usuário, geralmente no primeiro boot, a aceitação do respectivo EULA  (sigla em inglês para “contrato de licenciamento ao usuário final”).

Então, apesar de completar um produto, afastando a venda casada (minha opinião, repito), o sistema operacional da Microsoft exige que você aceite uma licença, estabelecendo de antemão que, caso você a rejeite, será reembolsado pelo custo dessa mesma licença.

Isso significa dizer que hipótese mais escancarada do direito ao reembolso não haverá em outra fonte que não o próprio contrato proposto pela Microsoft.

Resumindo: rejeite a licença (EULA), documente esse fato (uma foto da tela do computador é o que basta) e peça o reembolso, primeiro diretamente à loja e ao fabricante. E caso não seja atendido (o que é mais do que provável), peça judicialmente.

Abaixo um relato sobre o tema:

Como pedir “reembolso pelo Windows, com danos morais”

Leia, pois a descrição do que lhe espera é detalhada.

Anúncios

Sobre pinduvoz

Advogado por profissão, entusiasta do SL por opção.
Esse post foi publicado em nenhuma e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s