Conheça o “Boot-Repair”

Trata-se de uma ferramenta simples para reparar problemas de inicialização, ou mais precisamente, problemas com o GRUB (GRand Unified Bootloader).

Esses problemas esporádicos geralmente derivam da instalação ou reinstalação do Windows em sistemas com “duplo-boot”, ou da adição ao “boot” de mais uma distro Linux em sistemas com “múltiplo-boot” (seja 100% Linux, seja Linux + Windows).

O Boot-Repair permite corrigir esses problemas com um simples clique, que geralmente reinstala o GRUB e restaura o acesso aos sistemas operacionais instalados.

E o programa tem ainda “opções avançadas” para criar backups da tabela de partições e dos setores de boot (MBR), criar o “bootinfo” (arquivo de informações utilizado para obter ajuda por e-mail ou em fóruns) e alterar os parâmetros de reparo utilizados por padrão.

Ele pode ser utilizado também para configurar o GRUB, adicionar opções de kernel (acpi=off, por exemplo), remover o GRUB completamente, mudar o sistema operacional padrão, restaurar a MBR e muito mais.

O Boot-Repair é um software livre, licenciado sob a GNU-GPL, que em breve deverá ser incluído nos repositórios do Ubuntu.

Obtendo o Boot-Repair:

1ª opção: baixar uma ISO que inclua o Boot-Repair e criar um Live CD/USB de inicialização.

E o Linux-Secure-Remix, baseado no Ubuntu 12.10 e sobre o qual já postei aqui, é uma dessas ISOs.

2ª opção: instalar o Boot-Repair no Ubuntu, de preferência num Live USB criado com “persistência”, ou seja, capaz de salvar as alterações do usuário.

Notem que essa instalação funcionará também em Live CDs, mas ela, a instalação, só valerá para a seção aberta e não poderá ser reaproveitada.

Após inicializar seu Live CD/USB, abra um terminal e digite:

sudo add-apt-repository ppa:yannubuntu/boot-repair -y && sudo apt-get update

Pressione Enter e então digite:

sudo apt-get install -y boot-repair

Pressione Enter e vá ao Dash para procurar pelo Boot-Repair (nos menus do Mate, Cinnamon, XFCE etc. ele deverá estar em “Sistema -> Administração -> Boot Repair”), que também poderá ser aberto pelo terminal, com o comando abaixo:

gksu boot-repair &

Usando o Boot-Repair:

Após lançar o Boot-Repair (acima), a interface vista será a seguinte:

Imagem

E a “reparação” deverá ser feita clicando no botão “Recommended repair (repairs most frequent problems)”, já que as opções avançadas devem ser acessadas apenas por usuários experientes, que saibam o que estão fazendo.

Se o “Recommended repair” falhar, você deve utilizar o “bootinfo” que estará na URL (paste.ubuntu.com/XXXXX)  que será mostrada logo após o reparo padrão.

Indique essa URL (anote-a, portanto) nos fóruns apropriados e você certamente receberá auxílio mais eficiente.

Links externos:

Observação necessária:

Este post é quase uma tradução do quanto está nos links acima, em inglês. Créditos devidos aos originais ficam resguardados, portanto.

Sobre pinduvoz

Advogado por profissão, entusiasta do SL por opção.
Esse post foi publicado em Linux em geral e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Conheça o “Boot-Repair”

  1. Anderson Almeida disse:

    tutorial muito bom, bem explicado, vou tentar fazer isso pra ver se meu T100 volta a vida…obrigado

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s